fbpx

O que é uma conjunção e para que serve?

A conjunção é um termo invariável que serve para conectar palavras e orações. Sem ela, o seu leitor terá mais trabalho para estabelecer conexões, podendo, inclusive, compreender errado o que você escreveu. Por esse motivo, as conjunções também são chamadas conectivos.

O conectivo nem sempre é uma conjunção, como veremos ao longo do livro, ele pode ser um advérbio de ligação. No entanto, para nos mantermos fieis ao propósito desta obra, não adentraremos nessa discussão, já que essa diferença não importa muito para atingirmos o nosso objetivo.

Agora, imagine que você tenha escrito as orações seguintes:

  1. Vou estudar francês.
  2. Preciso passar no concurso.


Dependendo do contexto, essas duas frases podem ser conectadas de diferentes maneiras.

a. Vou estudar francês, porque preciso passar no concurso.
b. Vou estudar francês, mas preciso passar no concurso.
c. Vou estudar francês e preciso passar no concurso.
d. Preciso passar no concurso, mas vou estudar francês.
e. Preciso passar no concurso, por isso vou estudar francês.

Esses foram apenas cinco exemplos, em português, para entendermos a importância da conjunção. Tenho certeza de que você consegue pensar em mais possibilidades, em novas formas de unir as duas orações.

Por que, então, deixar esse trabalho para o seu leitor? Você percebe, diante das nuances que cada conexão representa, que o seu público poderia interpretar mal o que você quis dizer, caso simplesmente escrevesse as duas orações lado a lado?

Não é necessário, no entanto, encher o seu texto de conjunções. Isso geraria uma tremenda monotonia e o seu leitor desconfiaria de que você está subestimando a sua inteligência, de que ele não é capaz, por si só, de perceber as ligações subentendidas. Com o tempo e com a experiência adquirida neste pequeno livro, você vai perceber quando e onde deve inserir uma conjunção.

Como escrevi na definição, um conectivo serve para unir palavras — ou grupos de palavras — e orações. Estudaremos as duas categorias de conexões, mas gostaria de me alongar um pouco mais na última.

Basicamente, há dois tipos de orações: coordenadas e subordinadas. Essa classificação tem tudo a ver com independência e dominância.

(continua…)

-

Essa é a uma parte da introdução do livro Connexions: aprenda a conectar ideias em francês”. Nele, eu explico como você pode escrever um texto claro e coeso, usando os conectivos de forma correta.

Para ganhar fôlego para continuar a escrever, resolvi lançar o livro em duas partes. Na Parte 1, resolvi explorar apenas as conjunções coordenativas, destinando a Parte 2 para as subordinativas.

Cada uma das 8 lições é acompanhada de exercícios de fixação, para você dominar melhor os tópicos explorados.

Que tal estudar os conectivos de forma clara, estruturada e objetiva? É só clicar na imagem abaixo e garantir a sua cópia por apenas R$ 19,90.

Igor Barca

Igor Barca

Sou professor de idiomas há mais de 10 anos e, em 2010, comecei a ensinar francês e inglês para o CACD.

Mais sobre mim 
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Enviar mensagem
Olá! Salut ! Hello! Hallo! Hola! 😄
Podemos te ajudar?